Porque Você Não Deve Confiar no Gerente do Banco

Nesse artigo irei te mostrar porque você não deve confiar no gerente do banco para investir seu dinheiro. Também fiz um vídeo sobre o tema que está no meu canal no youtube e é mostrado logo abaixo:

Porque Você Não Deve Confiar no Gerente do Banco

Você já deve ter recebido “dicas” e recomendações de investimentos do gerente do banco, certo?

Normalmente ser recomendações para investir em produtos da própria instituição financeira que ele faz parte, como fundos de investimento, previdência privada ou títulos de capitalização.

Mas não se esqueça que o verdadeiro patrão do gerente do banco é o próprio banco, e não você. No fim das contas, o gerente ao recomendar investimentos, na maioria das vezes está defendendo interesses do próprio banco.

É muito comum funcionários de bancos terem metas de venda de determinados produtos financeiros que dão muito lucro ao banco. Mas ao investir o que você deve buscar o melhor para você, para sua situação e para seus objetivos. Lembre-se, seus objetivos, e não os do banco.

Então tenha sempre em mente que você deve analisar e pensar muito bem antes de aceitar uma recomendação do gerente do banco. Na grande maioria das situações valerá mais a pena você investir por meio de uma corretora ou em títulos do Tesouro Direto. Seu rendimento será maior e você terá menor custo com taxas.

Como exemplo de taxas podemos considerar a taxa de administração, que é muito comum em fundos de investimentos e em planos de previdência privada.

A verdade é que você não precisa do banco para investir por você. Se você fizer suas próprias escolhas de investimentos não precisará pagar taxas de administração como as que citei para terceiros. E ao investir diretamente terá uma rentabilidade mais alta!

Melhores Opções Para Investir Seu Dinheiro

E como encontrar melhores opções de investimento?

Como eu falei anteriormente, costuma ser mais vantajoso investir por meio de uma corretora de valores ou em títulos do Tesouro Direto.

Não pense que por corretoras você pode investir apenas em renda variável. As corretoras de valores também oferecem muitas opções de investimentos de renda fixa, com alternativas mais rentáveis que as oferecidas pelos grandes bancos.

No caso da corretora de valores você terá acesso a uma enorme quantidade de investimentos diferentes, de diversas instituições, com prazos e taxas distintas. Isso significa que você poderá escolher a opção que for mais interessante para seu caso, de acordo com o prazo que busca e considerando o risco e retorno desse investimento.

Para aumentar a rentabilidade do seu dinheiro e ainda aprender passo a passo a abrir conta e investir por meio de uma corretora, coloque seu email abaixo e escolha um horário para assistir essa aula especial:

No Tesouro Direto você também tem uma boa variedade de títulos públicos para investir seu dinheiro, com prazos, indexadores e taxas diferentes. Se está começando agora seus investimentos e quer ser mais cauteloso, a opção mais conservadora é o título público chamado Tesouro Selic.

E então, entendeu porque você não deve confiar no gerente do banco para investir seu dinheiro?

Deixe sua dúvida ou comentário aqui embaixo e compartilhe com seus amigos nas redes sociais.

  • Fernando Silva

    André um cdb do banco pine está pagando 114% do cdi com ir 15% por 725 dias
    É mais vantajoso que o tesouro Selic?

    • Olá Fernando! Financeiramente esse CDB é mais vantajoso sim. De forma aproximada o Tesouro Selic rende algo em torno de 98% do CDI (menos de 100% pois há a taxa de 0,3% cobrada pela BM&F Bovespa). Porém os títulos do Tesouro Direto possuem o menor risco dentre os investimentos no Brasil, pois são garantidos pelo próprio Tesouro Nacional. O risco do CDB também é muito baixo, pois há a garantia do FGC.
      Mas é bom sempre estar atento ao total de crédito oferecido pela instituição financeira na qual irá investir (dei uma olhada rápida no Banco Pine e a carteira de crédito no 4º trimestre de 2016 era de R$ 6,4 bilhões) e o patrimônio líquido do FGC (o balanço mais atualizado do FGC é de novembro de 2016, e mostra um patrimônio líquido de R$57 bilhões) para saber se há um risco muito grande do FGC não conseguir garantir o pagamento dos credores em caso de problemas com a instituição financeira.
      Caso um ou mesmo alguns bancos pequenos quebrem o FGC teria totais condições de pagar os credores. Porém caso bancos grandes ou muitos bancos pequenos quebrem num espaço de tempo pequeno o FGC não conseguiria reembolsar todos os credores de todas as instituições financeiras. É uma situação difícil de acontecer, porém é importante estar ciente que há um pequeno risco sim.
      Abraço e obrigado pelo comentário!